Dicas

Regras de ouro de uma alimentação mais saudável

 

O que comer

  • Alimentos naturais, frescos, orgânicos e integrais;
  • Alimentos crus numa proporção de pelo menos 50% da sua alimentação diária. O calor quando aplicado aos alimentos destrói importantes vitaminas e sais minerais;
  • Frutas, verduras, legumes, brotos e peixes, devem ser a base de uma alimentação saudável.
  • Ovos, carne bovina, carne de frango, carne de cordeiro e outros tipos de carnes, que devem ser sempre magras, sem pele e nunca em excesso. As vísceras não devem ser consumidas, por serem ricas em colesterol.
  • Grãos integrais e leguminosas são um bom complemento nutricional mas não devem servir de base para uma alimentação saudável. Porque não são tão naturais assim à espécie humana.
  • Os temperos, especialmente se frescos, realçam o sabor dos alimentos, são nutritivos e possuem várias propriedades medicinais.
  • As cascas são ricas em fibras, nutrientes e substâncias antioxidantes, e devem ser consumidas – quando possível.
  • Deixei o grupo do leite e derivados por último, devido ao grande número de pessoas que tem algum grau de intolerância a esses alimentos – portanto, veja se você também não tem. Mas mesmo que você não tenha, não abuse.

Como comer

  • A atitude mental na hora da refeição é muito importante. Sentir-se grato pelo alimento torna os órgãos do sistema digestivo mais receptivos, favorece a digestão e absorção dos nutrientes;
  • Evite assuntos desagradáveis, ler ou ver televisão durante a refeição. Comer em silêncio revela uma atitude de grande sabedoria – experimente;
  • Mastigue bem os alimentos. A mastigação incompleta prejudica a digestão e a absorção dos nutrientes, aumenta a formação de gases e leva ao excesso alimentar;
  • Não tome líquidos durante ou logo após as refeições, especialmente se gelados. Nem sucos naturais. Se necessário tome um pouco de água.

Quando comer

  • Coma apenas o necessário.
  • Não coma perto da hora de dormir;
  • Pare de comer antes de se sentir empanturrado;
  • Tente perceber a grande diferença que há entre fome e desejo de comer;
  • Não coma quando se estiver emocionalmente perturbado, esgotado, sentindo dores e logo após uma atividade física muito extenuante. Nessas situações: descanse, acalme-se e beba água pausadamente até sentir que o seu organismo voltou à normalidade ou equilíbrio.

O que evitar

  • Evite comer muito – o excesso alimentar encurta a vida.
  • Evite farinha de trigo branca ou refinada;
  • Evite açucar branco;
  • Evite o excesso de sal;
  • Evite frituras;
  • Evite vísceras, pele e embutidos;
  • Evite alimentos com gordura trans;
  • Evite alimentos industrializados;
  • Evite alimentos com cor, sabor e aroma artificiais;
  • Evite o excesso de doces e refrigerantes – mesmo que dietéticos;
  • Evite o excesso café, chá preto, chá mate, guaraná e chocolate – por serem ricos em cafeína:
  • Evite o excesso de adoçantes dietéticos, especialmente o aspartame – ele excita o cérebro.

Share
Postado em 22 de julho de 2010, por admin.



Deixe um comentário

 (obrigatório)
 (Não será publicado - obrigatório)

Depoimentos

K.M.P.B – 41 ANOS – Cabelereira

Fazer dieta sempre fez parte da minha vida. Fui uma bebê gordinha, uma adolescente gordinha e uma adulta sempre acima do peso. Claro que fiz de fórmulas mágicas para emagrecer, mas os resultados eram sempre passageiros. Quando procurei a clinica do Dr. Frederico Pretti estava determinada a cuidar de mim, recuperar a saúde e a […]*


*Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.
Gastronomia - Confira nossas receitas