Ortoblog | Clínica Frederico Pretti - Saúde Ortomolecular | Nutrição, Prevenção e Revitalização

Estresse

O estresse seja ele de natureza física, psicológica ou social, é causado por um conjunto de reações fisiológicas que, se exageradas em intensidade ou duração, podem levar a um desequilíbrio no organismo.

Um pouco de estresse é saudável e até necessário, mas em excesso ele pode provocar sérios danos à saúde. O modo de reagir diante da vida é determinante. Os fatos não mudam, mas cada um pode mudar diante desses fatos e reduzir assim o seu nível de estresse. Qualquer evento que desperte tensão, insegurança, raiva, medo, frustração ou desgosto pode gerar estresse. Hoje milhões de pessoas sofrem desse mal e o estilo de vida é o um fator que influencia diretamente nas condições emocionais do indivíduo.

O estresse da vida moderna surgiu em decorrência dos anseios e exigências que impomos a nós mesmos. Muitas vezes nos comprometemos a realizar coisas que vão além de nossa capacidade e isso gera estresse. O estresse aumenta a liberação de epinefrina e norepinefrina e, com isso, aumenta a frequência cardíaca, eleva a pressão arterial, contrai a musculatura e os vasos sanguíneos, além de provocar inúmeras outras alterações no funcionamento do organismo.

O estresse pode ser mais intenso e agudo em situações traumáticas como a perda de um ente querido. Pode também ser crônico – o que afeta a maioria das pessoas – e acometer as pessoas no dia-a-dia, de uma forma mais suave, porém constante, até começar a provocar alterações no bem-estar.

Dificuldades financeiras, excesso de trabalho, responsabilidade e pressão social, são as principais causas do estresse. Seus principais sintomas são: dores de cabeça, eczema e urticária, fadiga física e mental, palpitação e taquicardia, queda de cabelo e alopecia, perda de apetite e inapetência, aumento de peso, distúrbios do sono, disfunções alimentares e gastro-intestinais, diminuição do desejo sexual, elevação da pressão arterial, ansiedade, síndrome do pânico, distúrbios de humor, instabilidade emocional, desânimo e desmotivação, nervosismo e irritabilidade, tristeza, angústia e depressão, dificuldade de concentração e memorização.

Procure ajuda médica e psicológica antes que o estresse traga consequências nocivas para o seu organismo. Muitas vezes é necessário administrar ansiolíticos e antidepressivos para controlar o problema. A suplementação de nutrientes assim como uma alimentação equilibrada e saudável pode ser de enorme valia na recuperação do estresse. Homeopatia, acupuntura e massoterapia são técnicas que também podem ajudar no tratamento.

A prática regular de atividade física é outra aliada na prevenção e no tratamento do estresse. Os exercícios físicos estimulam a produção de neurotransmissores cerebrais capazes de melhorar o estado de ânimo, regular o humor, corrigir os distúrbios do sono, melhorar a fadiga física e mental, melhorar o funcionamento intestinal, melhorar o desejo sexual, produzir efeito relaxante e analgésico, etc. De acordo com pesquisas feitas pela UNIFESP-EPM a atividade física mais eficaz seria a natação.


Share

Postado em 9 de fevereiro de 2010, por Suplemento Saúde 
Tags: , , ,
Leia os comentários   |   Deixe um comentário




Últimos Posts



Posts mais visitados



Filtrar por temas



Depoimentos

J.P.F.O – 46 ANOS – Funcionária Pública

Fiquei muitíssimo satisfeita com o resultado que obtive com o Programa de Emagrecimento Saudável da Clínica Dr. Frederico Pretti, que são visíveis. Mas também com o carinho, profissionalismo, atenção e disponibilidade constante de toda a equipe da Clínica do Dr. Frederico Pretti, em especial a querida nutricionista Dra. Mari Karpinsk, que me acompanhou semanalmente com […]*


*Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.
Gastronomia - Confira nossas receitas