Ortoblog | Clínica Frederico Pretti - Saúde Ortomolecular | Nutrição, Prevenção e Revitalização

Nibs de cacau – um super alimento

Nibs de cacau

O processo para a formação dos Nibs de cacau começa na lavoura com a seleção de frutos maduros do cacau, depois de quebrados, as sementes são postas a fermentar em caixas de madeira, após a fermentação, as amêndoas são desidratadas, fragmentadas e descascadas em maquinas descascadoras.

A amêndoa é levemente torrada e triturada, adquirindo uma textura crocante e de sabor intenso e são formados os Nibs de cacau.

Nibs de cacau

Os Nibs de cacau possuem a maior fonte de antioxidantes do que qualquer outro alimento natural. Entre estes incluem polifenóis antioxidantes, catequinas, e epicatequinas. Possuem mais antioxidantes do que o vinho tinto, mirtilos, açaí, romã, e goji-berry.

Além de antioxidantes, a amêndoa de cacau é fonte dos seguintes nutrientes:

Magnésio: Cacau contém mais magnésio do que qualquer outro alimento. Magnésio é um dos grandes minerais alcalinos. Ele auxilia no funcionamento do coração, cérebro e sistema digestivo. Contribui para o balanço químico do cérebro, construção óssea e é associado com o aumento da felicidade.

Ferro: Cacau contém 314% da dosagem diária de ferro recomendada pelo governo americano (U.S RDA) em cada 28 gramas. Ferro é criticamente necessário para alimentação. Ferro faz parte do oxigênio que transporta proteína chamada hemoglobina que mantém o nosso sangue saudável.

Cromo: É um importante mineral que ajuda balancear o açúcar no sangue. Cacau tem cromo suficiente para ajudar reverter esta deficiência.

Anandamida (n-arachidonoylethanolamina): É uma endorfina que o corpo humano fabrica naturalmente após exercício físico que faz aumentar o tempo da sensação de felicidade.

Theobromina: é uma substancia química parente da cafeína, mas que não é estimulante do sistema nervoso. Theobromina dilata o sistema cardiovascular tornando o trabalho mais fácil para o coração. É uma das principais razões do porque o cacau é parte importante para dieta saudável do coração.

Manganês: ajuda o ferro na oxigenação do sangue e na formação da hemoglobina.

Zinco: desempenha um papel crítico no sistema imunológico, fígado, pâncreas e na pele.

Cobre: ajuda na formação saudável do sangue.

Vitamina C: Apenas o cacau natural, cru, contém vitamina C. Nem cozido ou processado o chocolate tem esta vitamina. Em 28 gramas de nibs de cacau supre 21% da dosagem recomendada pela U.S. RDA de vitamina C.

Ácido graxo ômega 6: Cacau contém o essencial ácido graxo ômega 6. Todo o chocolate cozido e processado contém Omega 6 rançoso (gordura trans) que pode até causar reação inflamatória quando ingerido.

Feniletilamina (PEA): é encontrado em abundância no cacau natural. É sensível ao calor, por isso perde-se Feniletilamina no cozimento e processamento industrial do chocolate. PEA é a substância que nós produzimos no nosso corpo quando nos apaixonamos. Aparentemente, é uma das principais razões do porque o amor e o chocolate têm tão profunda conexão. PEA também desempenha um papel importante no aumento da atenção.

Serotonina: é o principal neurotransmissor no corpo humano. Serotonina é similar na sua formula química do triptofano e melatonina. Serotonina nos ajuda a construir nosso “escudo de defesa contra estresse”.

Uma maneira saborosa e prática de consumir o Nibs de cacau é adiciona-ló no iogurte, em frutas, misturados a granola, ou em vitaminas de frutas.

bananacomnibs

Bananas com nibs de cacau

Banana picada – 1 unidade
Nibs de Cacau – 1 col. de sopa
Óleo de Coco – 1 col. de sobremesa

Misture todos os ingredientes em um recipiente e consuma em um lanche da manhã ou da tarde e tenha um dia com muita energia!

Dica da Nutricionista Mariana



Postado em 21 de agosto de 2015, por  
Tags:
Leia os comentários   |   Deixe um comentário


Já está na hora de começar a se preparar para o verão

Faltam praticamente cinco meses para o Verão 2016. E já está na hora de começar a se preparar. Ainda há tempo de emagrecer e ficar mais saudável, mas é essencial:

– Iniciar uma atividade física;

– Começar uma reeducação alimentar.

Aproveite para consumir alimentos que dão saciedade e aumentam o metabolismo. São eles:

– A farinha de banana verde pode ser consumida em sucos ou vitaminas;

– Azeite de oliva, canela e chá verde;

– Saboroso mix de sementes, rico em selênio, cálcio e fibras, que pode ser adicionado à saladas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça seu Mix de Sementes – Promove sensação de saciedade e fortalece os ossos.

– Semente de abóbora sem casca;

– Semente de girassol;

– Semente de linhaça triturada;

– Semente de gergelim;

– Uma pitada de sal, ervas desidratadas à gosto.

Misture as sementes, coloque em um frasco com tampa, e armazene na geladeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça uso de chás que auxiliam a saciedade e são diuréticos.

– Hibiscus;

– Chá verde;

– Fucus;

– Cavalinha;

– Hortelã;

Você pode comprar as ervas desidratadas, misturar todas e fazer infusão, tomar 3 xícaras de 200 ml ao dia, para cada xícara coloque 1 colher de chá do Mix de ervas.

 

Consuma Cereais e Grãos Integrais

Coloque cereais em Shakes de Frutas para dar saciedade, e substitua pelo café da manhã. Utilize cereais como:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quinua em flocos

Excelente fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico, que leva mais tempo para ser transformado em açúcar, o que reduz o armazenamento de gorduras no corpo. Com teores elevados de aminoácidos essenciais, favorece a manutenção do metabolismo.  Massa muscular e ativa. Adicione nas frutas, iogurtes, vitaminas e sucos.

 

Amaranto em flocos

Concentrado em proteínas, reduz as taxas de colesterol e auxilia no aumento da massa muscular. Possui eficaz ação antioxidante combatendo o envelhecimento celular.  Carrega em sua composição alto teor de fibras solúveis e insolúveis que, além de regularizarem o funcionamento do intestino, aumentam a saciedade e facilitam a perda de peso. Enriquece o iogurte, frutas, sucos, caldos e vitaminas.

Dica da nutricionista Mariana Andrade



Postado em 11 de agosto de 2015, por  
Tags:
Leia os comentários   |   Deixe um comentário


Filés de Tilápia “Mar de Minas”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A dica de hoje são os Filés de Tilápia “Mar de Minas”.

O peixe é fresco e com pouco tempo de congelamento, o que preserva o sabor e qualidade. São filés limpos, sem espinhas ou pele, e embalados um a um. Existem dois tipos de apresentação: Especial com 150g Premium com 190g.

As entregas são feitas a domicilio e a taxa de entrega é super em conta. Uma ótima opção!

Dica da nutricionista Mari Stempinhaki

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Postado em 7 de agosto de 2015, por  
Tags:
Leia os comentários   |   Deixe um comentário


Chá Verde

Um segredo milenar de saúde, descoberto por monges budistas japoneses, é preparado a partir de uma planta conhecida como Camellia Sinensis.

Seu alto teor de polifenóis, como as catequinas e taninos, além de cafeína, vitaminas e minerais (C, K, B1, B9 e B12, manganês e potassio) lhe confere uma série de benefícios para a saúde.

Os polifenóis são potentes antioxidantes que protegem o organismo contra o efeito nocivo dos radicais livres e o envelhecimento precoce, contra o câncer e as doenças cardiovasculares, por também ser capaz de reduzir o colesterol LDL. Estudos recentes também demonstraram que o chá verde protege o cérebro de doenças como o Mal de Alzheimer.

O chá verde estimula a função hepática e a produção de suco gástrico, melhorando a digestão e a eliminação de metais tóxicos. Mas diminui a absorção de ferro, cobre e zinco, nutrientes muito importantes para a imunidade e formação dos glóbulos vermelhos.

A cafeína é um composto químico do grupo das xantinas que tem uma importante ação sobre o sistema nervoso central. Quando usado em pequena dose, melhora a função cognitiva e a memória, acelera o metabolismo celular e auxilia no processo de emagrecimento, aumenta a força contrátil do coração e dilata os vasos sanguíneos periféricos.

Mas atenção! O excesso de chá verde, mais de cinco xícaras por dia, deve ser evitado, especialmente em pacientes portadores de anemia, insônia, síndrome do pânico, taquicardia, hipertensão arterial e hipotireoidismo.

O chá verde em cápsula tem uma concentração muito grande de princípios ativos e uma única cápsula é equivalente a dez xícaras de chá. Assim, ele pode provocar gastrite, úlcera gástrica, toxicidade hepática, diarreia, vômito, etc.

 

Dica:

Se você não gosta do sabor levemente amargo que o chá verde tem, aprenda a prepará-lo: use a erva e não aquele que vem em saquinhos. Aqueça a água, desligue o fogo assim que entrar em fervura, coloque a erva e deixe-a em infusão, durante no máximo três minutos.

Você pode misturar o chá verde com frutas para variar o sabor. Experimente combiná-lo com pêssego, manga, laranja, limão, gengibre, abacaxi com hortelã e abacaxi com manjericão. Ele também pode ser usado gelado e na preparação de suco com frutas. Fica uma delícia!

 

Dica da nutricionista Mari Stempinhaki

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Postado em 28 de julho de 2015, por  
Tags:
Leia os comentários   |   Deixe um comentário


Qual óleo usar para preparação rápida dos alimentos?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ponto de fumaça é a faixa de temperatura em que se forma uma fumaça branca, decorrente da quebra de ácidos graxos insaturados presentes no óleo. Isso gera hidroperóxidos indesejáveis, ou seja, quanto mais alto o ponto de fumaça, melhor o óleo para o preparo dos alimentos.

No entanto, quem gerencia essa produção de hidroperóxidos é o tempo/temperatura, ou seja, por quanto tempo e a qual temperatura submetemos esse óleo.

Para o azeite de oliva, o ponto de fumaça varia entre 160°C e 210°C, e pode sim ser utilizado em uma preparação, apesar de perder os compostos benéficos como o hidroxitirosol, mas que podemos oferecer esses compostos colocando o azeite na salada.

Outra alternativa é o óleo de coco que tem seu ponto de fumaça acima de 300°C e também é uma boa opção. E o óleo de coco ainda contém propriedades benéficas para a saúde. É particularmente rico em um ácido graxo chamado ácido láurico, que pode melhorar o colesterol e matar bactérias que causam doenças.

A manteiga tem o ponto de fumaça um pouco mais baixo, mas em processos de cocção rápidos (refogas rápidas, omeletes, panquecas) a produção de hidroperóxidos é insignificante.

Para fazer bifes grelhados utilize a frigideira de cerâmica de titânio, que requer nada de óleo ou uma quantidade muito pequena apenas para não grudar. Caso utilize algum óleo, opte pelo óleo de coco, azeite ou manteiga, apenas o necessário para untar na frigideira.

 

Dica da nutricionista Mariana Andrade

 



Postado em 22 de julho de 2015, por  
Tags:
Leia os comentários   |   Deixe um comentário




Últimos Posts



Posts mais visitados



Filtrar por temas



Depoimentos

S.F.A – 54 ANOS – Empresária

Há alguns anos conheci o Dr. Frederico Pretti e já na primeira consulta senti uma confiança enorme nos tratamentos propostos. Fiz o Programa de Longevidade e Bem-estar e as mudanças que percebi foram quase que imediatas: melhorou meu sono, minhas dores nas pernas, minha pele ficou mais bonita e saudável, meu cabelo parou de cair […]*


*Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.
Gastronomia - Confira nossas receitas